Essa é a primeira, de uma série de entrevistas, que a Revista Delta realizará com propósito de homenagear valorosos Maçons que contribuem para o crescimento e fortalecimento da Ordem. Nesta edição conheceremos um pouco da trajetória de Arlindo Alves Pereira Neto – Grande Secretario de Relações Exteriores da Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia.


Arlindo Alves Pereira Neto é um dos mais respeitados líderes da Maçonaria conquistense, pertencendo ao grau 33  desde março de 2005. Casado desde a década de 80 com Sheyla Weber Correia Pereira, Arlindo é pai de três filhas, Ana Carolina Correia Pereira, Emilia Correia Pereira e Lara Correia Pereira. Seu genro, Richardson Lessa também faz parte da Maçonaria. Todos os membros de sua família são participantes da Ordem para-maçônica Estrela do Oriente.


Arlindo Neto é fundador de Lojas Maçônicas 
nas cidades de Condeúba, Mortugaba, além das lojas Razão e Força, Construtores da Fidelidade, Semente de Luz na cidade de Vitória da Conquista, também é membrohonorário das Lojas: Semente de Luz – Vitória do Conquista; Razão e Força – Vitória da Conquista; Deus, caridade e amor – Itambé; Força e União – Itororó; Amor e Harmonia Itarantiense – Itarantim; Amor e União Itapetingense – Itapetinga; Monte Sião – Vitória da Conquista; Aliança Sertaneja Maçônica – Brumado, Construtores da Fidelidade – Vitória da Conquista.
Recebeu a medalha honorífca da Grande Loja Maçônica de Goiás , da Loja Maçônica Amor e Progresso da cidade Luiz Eduardo Magalhães (Bahia), assim como, o grau de Cavaleiro por Honra ao Mérito 02 de Julho da Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia. Participou de vários congressos maçônicos, e recebeu homenagens distintas de Ordens Maçônicas e Para-Maçônicas, e dessa forma prosseguimos com a entrevista, tenham uma boa leitura.


Quais trabalhos exerceu em sua vida profana?
Nasci na cidade de Itororó, interior da Bahia, iniciando meus trabalhos profanos junto ao meu pai, em uma oficina aos meus 12 anos, posteriormente, trabalhei contratado por uma empresa terceirizada na receita federal. Depois, fui servidor público federal do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) por mais de 39 anos, aposentei-me em junho de 2016, tendo exercido durante 26 anos a chefa de infração e dívida ativa e a chefa de arrecadação e fiscalização da agência do INSS de Vitória da Conquista. Nos últimos 13 anos e nove meses, exerci o cargo de gerente-executivo do INSS na presente cidade, com jurisdição de 73 cidades e 23 agências da previdência, até a data de minha aposentadoria. Findando o meu trabalho na vida profana com o reconhecimento nacional pelo ministro Miguel Rosseto como a melhor gerência – executiva do Brasil. Gostaria de mencionar também, que em 29 de novembro de
2012, recebi o título de cidadão conquistense, cidade esta que me acolheu. 

Quando ocorreu a iniciação na Maçonaria e quem o motivou?
Iniciei na Maçonaria em 30 de julho de 1993, tendo sido inspirado por meu pai e alguns tios que já participavam dessa ordem, além de alguns amigos que depois de iniciado os reconheci como irmãos.

Qual o atual cargo que ocupa na GLEB?
Atualmente, exerço o cargo de Grande Secretário de Relações Exteriores, tendo esse mesmo como função tratar o relacionamento da GLEB com as potências maçônicas regulares.


Quais cargos e funções relevantes que ocupou em sua trajetória na Maçonaria?
Participei de várias administrações da Loja Maçônica Fraternidade Conquistense, tendo sido Segundo Vigilante por um mandato, posteriormente dois mandatos consecutivos de Primeiro Vigilante, e mais dois mandatos consecutivos como Venerável Mestre, época na qual tive o prazer de construir com o apoio dos irmãos a atual sede da Loja Maçônica Fraternidade Conquistense. Na Grande Loja Maçônica do estado da Bahia, exerci o cargo de Grande Primeiro Vigilante por um mandato, Grão Mestre Adjunto por dois mandatos consecutivos.


Quais trabalhos vêm sendo desenvolvidos dentro GLEB?
Na GLEB, trabalhamos com o desenvolvimento do ser – humano para o autoconhecimento, e a espiritualização do Maçom.

Quais desses cargos trouxeram maior crescimento e agregaram valor na sua evolução maçônica?
Seria injusto relatar apenas um cargo, pois na Maçonaria, todos os seus integrantes ajudou-me de forma direta ou indireta no meu crescimento. Desde o grau de aprendiz ao grau 33, percorrendo por todos os cargos e funções que tive oportunidade de trabalhar, minha pedra bruta foi e esta sendo lapidada pelo
ensinamento dos irmãos da ordem.


Como foi receber o grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito? E agora, o que o motiva a permanecer em evolução dentro da Maçonaria?
Fui investido no grau 33 em 12 de março de 2005, na cidade de Recife. Descrever a minha investidura seria quase impossível, pois a emoção é imensurável por representar uma longa caminhada de aprendizado dentro dessa sublime Ordem. Nos trabalhos desenvolvidos na Ordem fui agraciado como diploma de Honra ao Mérito pela Sexta Inspetoria Litúrgica do Estado da Bahia, além do reconhecimento do Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria para a
Republica Federativa do Brasil na Legião de honra no Grau de Oficial, títulos estes que me motiva a prosseguir e trabalhar junto a Ordem para o nosso melhoramento. 

Qual comenda, homenagem ou titulo que possui maior significado em toda sua jornada Maçônica? Quando recebeu essa honraria?
Não mencionaria um título ou uma honraria em específico, e sim dois momentos na vida maçônica, importantes na minha vida, sendo o primeiro quando iniciei na Ordem Maçônica tendo como grau de aprendiz, no qual pude vivenciar os primeiros passos no aprendizado maçônico, e o segundo quando
tive a oportunidade de ver iniciado a minha família na Ordem para- maçônica Estrela do Oriente.


O que a Maçonaria significa em sua vida?
Significa uma escola de aprendizado, que tem como objetivo o crescimento do ser humano através do seu autoconhecimento e seu melhoramento gradual, simbolicamente lapidando as asperezas de sua vida, na construção de um templo dentro de si mesmo, com o intuito de tornar feliz a humanidade pelo aperfeiçoamento moral do ser humano, através dos ensinamentos dos grandes lideres da humanidade, em especial ao maior de todos eles, “ Jesus Cristo”, e que nos ensinou a crença do amor e a certeza de que fomos criados por Deus “ Grande Arquiteto do Universo” simples e ignorantes, mas predestinados a um dia alcançarmos a perfeição . Jesus nos asseverou que somos a imagem do Deus criador, não na
forma física, mas na essência da alma, no qual podemos progredir pela eternidade, pois nosso corpo físico perecerá, mas nosso espírito um dia chegará a perfeição pela eternidade.


Além do “baba” cotidiano, pratica mais algum esporte?
Em relação as atividades físicas, pratico ciclismo amador, frequento academia, e não abro mão do “baba” aos domingos.