Lojas Maçônicas entregam projeto “Horta Comunitária” à PMVC

No dia 25/09, às 20:00 horas, na sede da Loja Maçônica Fraternidade Conquistense, oriente de Vitória da Conquista, ocorreu a entrega do projeto “Horta Comunitária”, de autoria das Lojas Maçônicas de Vitória da Conquista para o município de Vitória da Conquista, através da Prefeita Sheila Lemos Andrade.

Após as formalidades de recepção da Prefeita, a mesa foi formada com a Presidência do Venerável Mestre da Loja Fraternidade Conquistense, Geórgio Mariano, lastreado pela Prefeita Sheila Lemos, Doutor Abel Rebouças (UESB), Sr. Fabrício Vieira (SENAC), Sra. Izalva Marques (Conselho Regional de Contabilidade), Venerável Mestre Richardson Lessa da Loja Maçônica Razão e Força, Venerável Mestre João Hermínio da Loja Maçônica Construtores da Fidelidade e o Venerável Mestre Fernando de Cássia da Loja Maçônica Rei de Israel, Nº. 66.

Lido o projeto pelo Irmão e advogado Leandro Aguiar, a mesa de diretores começou a ressaltar a importância do aprimoramento do projeto que já vem sendo desenvolvido pela Prefeitura Municipal com apoio das Lojas Maçônicas do oriente de Vitória da Conquista.

A Prefeita Sheila Lemos recebeu em mãos o projeto Hortas Comunitárias através do Venerável Geórgio Mariano, que visa desenvolver, de forma conjunta com a comunidade local e o município de Vitória da Conquista, as melhores práticas de plantio, assistência contábil, jurídica e práticas comerciais, para melhor desenvolver as atividades, melhorar a alimentação e alcançar uma complementação de renda às famílias envolvidas no projeto.

As Lojas Maçônicas atuarão junto aos cultivadores das hortas comunitárias, inicialmente na organização contábil e jurídica, bem como, junto à comunidade, com orientação organizacional e logística, para o melhor funcionamento das atividades executadas nas hortas. O município de Vitória da Conquista continuará prestando assistência através das diversas secretarias do município, agora de forma integrada e reuniões periódicas com as comissões designadas pelas lojas maçônicas para cada horta. Tais ações serão necessárias para o melhor aproveitamento dos recursos humanos e financeiros disponibilizados para atender os objetivos do projeto.

O Doutor Abel Rebouças reforçou a importância da Maçonaria na condução de projetos sociais pelo mundo, enaltecendo ainda mais o sucesso de inúmeros projetos em prol das comunidades carentes no interior da Bahia, que obtiveram sucesso, dada a expressão social e moral dos integrantes das Oficinas envolvidas.

Sra. Izalva Marques, representante do Conselho Regional de Contabilidade, se colocou à disposição do Projeto para ajudar na sua regularização e dar suporte na criação da associação, dando legalidade às ações daqueles agricultores, saindo da informalidade para o empreendedorismo, podendo, inclusive, participar de licitações públicas e venda direta a grandes centros de distribuição em nossa região.

A Dra. Samira Meira Cardoso enalteceu a ação e ponderou sobre a resiliência necessária para manter esses projetos sociais, a exemplo da Casa de Acolhimento, a qual cuida com muito carinho, relatando seus desafios diários que são vencidos pela dedicação de uma equipe forte e coesa aos cuidados dos idosos que tanto necessitam desse apoio.

A Prefeita Sheila Lemos recebeu com bons olhos a ajuda e proposição desse projeto, que será analisado pela equipe jurídica do município para verificar a legalidade e a forma de parceria que possa ser estabelecida entre as Lojas Maçônicas e o município.

Todo esse esforço conjunto se faz necessário, porque um percentual significativo dos migrantes que chegam à cidade de Vitória da Conquista são oriundos de cidades da região Sudoeste da Bahia, pessoas marcadas por tradições e cultura de um mundo rural, muitas delas sem a formação adequada para ocupar postos de trabalho oferecidos pelo meio urbano. Assim sendo, este Projeto se justifica por oferecer a oportunidade, principalmente, aos adultos, de manterem cultivando as tradições rurais, ocupados em promover o seu bem-estar e proporcionar melhoria das condições na alimentação saudável da população.

É preciso também proporcionar aos agricultores familiares, que se encontram inseridos nas hortas, mais uma fonte de comercialização de alimentos, caracterizando-se como mais uma fonte de nutrição, bem como, uma fonte de complementação da renda familiar com a venda do excedente produzido.

As Lojas Maçônicas, com este projeto, têm a intenção de fortalecer as comunidades locais, melhorando a alimentação, propiciando complementação de renda às famílias envolvidas no processo, com a busca constante de aperfeiçoamento das práticas de plantio e comercialização dos produtos. Essa parceria com o Município visa, também, o melhor aproveitamento dos recursos humanos e financeiros alocados para manutenção das hortas comunitárias.

Pretende-se também aperfeiçoar o modelo exitoso já existente, ampliando o alcance do projeto para outros bairros da cidade, onde não existem hortas comunitárias, aumentando, assim, o atendimento às comunidades mais vulneráveis, que têm real necessidade e precisam de maior assistência.

As Lojas Maçônicas do Município de Vitória da Conquista – BA que participarão do projeto são representadas por seus Veneráveis Mestres:

Loja Maçônica Fraternidade Conquistense Nº 20 – Venerável: GEORGIO MARIANO;

Loja Maçônica Razão e Força, Nº56 – Venerável: RICHARDSON LESSA FERREIRA;

Loja Maçônica CDF, Nº199 – Venerável: JOÃO BOSCO SANTOS HERMÍNIO FILHO;

Loja Maçônica Independência e Progresso, Nº. 285 – Venerável: EDIMAR PEREIRA SOUSA;

Loja Maçônica Semente de Luz, Nº. 277 – Venerável: JAILSON ARRUDA;

Loja Maçônica Rei de Israel, Nº. 66– Venerável: FERNADO DE CÁSSIA;

Loja Maçônica Luz e Sabedoria, Nº. 154– Venerável: VINICIUS NEVES

Loja Maçônica Filadélfia, Nº. 2783– Venerável: MAURILIO CALDEIRA;

Loja Maçônica Pensadores Livres, N° 4448 – Venerável Mestre CLÁUDIO LIMA SOUZA;

Loja Construtores da Fidelidade N° 199 – Venerável Mestre JOÃO BOSCO HERMÍNIO FILHO.